Cadelas ‘motoqueiras’ usam capacete e óculos durante viagem com dono pelo Brasil

Luiz Carlos e as cadelinhas Camile e Belinha chegaram em Palmas pela primeira vez após sair do Rio de Janeiro. Turma chama atenção por onde passa.

Por TV Anhanguera

Um motoqueiro está viajando o Brasil na companhia de duas cadelinhas. Belinha e Camile são companheiras inseparáveis e já conheceram mais estados do que muita gente por aí. Mas a viagem é feita com muita segurança. Antes de subir no veículo, Luiz Carlos Negrine coloca o capacete, óculos e cinto de segurança nos animais de estimação.

Os três chegaram em Palmas na última sexta-feira (1º). Elas saíram de Volta Redonda (RJ). Na capital do Tocantins, a turma foi recebida pelos colegas motociclistas. O vigilante Humberto Alves ofereceu até moradia, enquanto eles estiverem por aqui.

“O motociclismo gira em torno da irmandade, da amizade, da família. Hoje ter esse irmão na minha casa, com suas cadelinhas, unifica e fortalece esse vínculo de amizade”.

Os viajantes cativam e chamam a atenção por onde passam. Muitas pessoas param, tiram fotos e param para ver de pertinho essa turma diferente da estrada. “Aqui, a gente está vendo elas paradinha, em cima da moto. Mas eu queria saber como é durante as viagens com ele”, disse a estudante Débora Leão.

Luiz era caminhoneiro e por causa de problemas de saúde precisou para. Mas o amor pela estrada falou mais alto e ele decidiu percorrer o país na motocicleta com as cadelinhas.

A Camile sempre fica perto do tanque. Já Belinha prefere viajar na garupa. “Essa aqui [Camile] já me acompanhava no caminhão, coloquei ela aqui e ela ficou. Aí surgiu uma necessidade de uma companheira para ela porque ela se sentia muito sozinha, aí se apegava demais a mim. Aí arrumei a netinha dela, ela teve uma cria, teve filhote e veio a netinha dela para mim. Aí estamos vivendo nós três pelo Brasil afora, viajando”, explica Luiz.

Os três já percorreram 113 mil quilômetros por vários estados brasileiros e não tem tempo ruim que atrapalhe. Todos têm capa de chuva. Em Palmas, o motociclistas e suas companheiras estão pela primeira vez e aproveitaram para conhecer a cidade.

As cadelinhas começaram com o passeio na praia da Graciosa. “Achei a cidade linda demais. Esse lago artificial é fora de sério. Estou sendo muito bem recebido, muito bem tratado”.

E essa viagem não vai acabar tão cedo. Eles estão de partida para o Jalapão, região famosa pelas cachoeiras, fervedouros e dunas. Ainda vão para Gurupi e para Chapada dos Veadeiros. A viagem só deve terminar em janeiro. A meta é passar também por outros países.


%d blogueiros gostam disto: