Mercenários Moto Clube De Coromandel Promove Campanha Para Arrecadação De Cestas Básicas Para O Natal

Para o Natal, o grupo está recolhendo cestas básicas até o dia 21 de dezembro, para serem entregues no dia seguinte, 22. 

Há dois anos, um grupo de amigos motociclistas e apaixonados por motos criaram o Mercenários Moto Clube de Coromandel. Com sede na Brasil Motos, como todo bom clube de motoqueiros, o Mercenários tem firma registrada em cartório, faz reuniões semanais, participa de encontros com outros motoqueiros, promove viagens em grupo e realiza campanhas beneficentes. Segundo o presidente do clube, Magno Moura Guimarães, qualquer reunião comemorativa é motivo pra se fazer uma campanha beneficente e acontece durante todo o ano.

Para o Natal, o grupo está recolhendo cestas básicas até o dia 21 de dezembro, para serem entregues no dia seguinte, 22. Conforme o empresário Marcelo Silva Sucupira, proprietário da Brasil Motos, as cestas podem ser entregues na loja ou o doador poderá ligar no número 3841-0229 que eles buscarão. As cestas já arrecadadas estão expostas na entrada da Brasil Motos, que fica na rua Artur Bernardes, nº 475.

Outro tradicional grupo de motoqueiros de Coromandel, conhecidos como Trilheiros, com vários anos em atividade e com um número maior de membros, também aderiu ao movimento do Mercenários Moto Clube. Segundo Rodrigo Gonçalves Silva, integrante dos Trilheiros, eles já arrecadaram mais de 20 cestas básicas e ainda pretendem aumentar essa quantidade e reforça o pedido de participação da sociedade na campanha.

Marcelo ressalta que fez contato com a Secretaria de Ação Social e já tem os nomes de várias famílias coromandelenses que necessitam de ajuda, mas que caso uma família não cadastrada no serviço municipal precise, pode entrar em contato com o grupo que eles verão a possibilidade de poder atender também a situação.

Magno aproveita para convidar os motociclistas para participarem do Mercenários Moto Clube de Coromandel. Quem quiser basta frequentar as reuniões, que acontecem semanalmente na Brasil Motos, e ser aprovado pelos membros. Deve, é claro, ter uma moto que não precisa ser cara ou de grande porte, bastando ter espírito aventureiro, ser apaixonado por motos e se identificar com o clube.

%d blogueiros gostam disto: