Escolha incorreta de capacete compromete segurança de motociclistas

O uso de equipamentos de proteção por motociclistas é uma obrigatoriedade prevista em lei. Porém, garantir a segurança de quem está pilotando a moto vai muito além de somente comprar um capacete e utilizá-lo nas viagens do dia-a-dia. De acordo com pesquisa divulgada este ano pela Laquila, empresa importadora e distribuidora de peças e acessórios para motocicletas, os itens de proteção ajudam a reduzir o risco de morte em 40% e  diminuem o risco de ferimentos graves em percentuais acima de 70%.

 

Por isso, além de fazer uso adequado dos equipamentos, é imprescindível ter atenção total à escolha para garantir que atendam a todos os requisitos de segurança. A escolha dos capacetes, itens de segurança mais importantes, parece fácil. Mas a infinidade de modelos, estampas e preços pode confundir o condutor.

 Como escolher um capacete para moto

 

Engana-se quem pensa que ao investir no capacete mais caro, está garantindo a aquisição do melhor produto. Saiba do que não se pode abrir mão na compra de um capacete:

 

  • A primeira coisa a ser levada em conta é a procedência: procure sempre o selo do INMETRO, o que garante ao consumidor que o item passou por diversos testes de impacto, segurança e resistência.
  • Vista o capacete e vire a cabeça para os dois lados. Observe a visibilidade e visão periférica. Estes fatores nunca devem estar comprometidos.
  • Apesar de serem esteticamente mais atrativos, os capacetes abertos não protegem o rosto do motociclista. Portanto, é recomendado investir em capacetes fechados.
  • Modelos confeccionados em fibra de carbono são leves e resistentes, portanto ideais para longas viagens.
  • É essencial saber a circunferência da sua cabeça antes de comprar o capacete. Para medir, utilize uma fita métrica, passando-a acima das sobrancelhas, próximo a ponta superior das orelhas. A partir daí escolha o tamanho correto:

    Entre 53cm-54cm: XS
    Entre 55cm-56cm: S
    Entre 57cm-58cm: M
    Entre 59cm-60cm: L
    Entre 61cm-62cm: XL
    Entre 63cm-64cm: XXL

 

  • Opte por capacetes com sistema de ventilação. Além de contribuir para a aerodinâmica, evita que a viseira embace e renova o ar no interior do equipamento.

 


Utilize o capacete de forma correta

 

De posse do capacete ideal, é preciso atentar para o uso correto do equipamento. Viseiras fumês somente devem ser usadas durante o dia, visto que comprometem a visão no período da noite. Vale lembrar que leis de trânsito permitem a abertura  parcial da viseira para favorecer a ventilação, mas ela deve sempre cobrir os olhos do piloto.

 

A limpeza é outro fator importante. Um capacete com viseira suja ou embaçada compromete a visão e a segurança do condutor.

 

Apesar de não serem produtos perecíveis, recomenda-se que os capacetes sejam substituídos a cada três anos. Caso o produto tenha sofrido queda forte ou a espuma interna não esteja mais firme, fazendo com que ele gire na cabeça do condutor, deve ser substituído.

 

Fonte: jeonline

%d blogueiros gostam disto: