Veja como checar as condições da moto rapidamente

e1

 

Fazer uma revisão das condições de sua motocicleta é uma tarefa necessária e muito importante para o bom funcionamento do equipamento. Realizar essa checagem deveria ser automático e quase intuitivo. O que muitas vezes falta a um motociclista é o conhecimento adequado dos itens principais a serem avaliados para saber o que precisa, efetivamente, ser verificado nessa avaliação.

“É sempre a mesma história, o motociclista acredita que enquanto a moto não ‘fritar’, está tudo ok, tudo ótimo. O problema é: muitos ignoram que, apesar de a moto não aparentar sinais de desgaste, é evidente que o uso, mesmo que seja moderado, contribui para desgastar a moto”, afirma Vinicius Spinelli, da Controlflex, fabricante de cabos e comando e importadora de peças para motos. A negligência só ajuda a deteriorar ainda mais rápido as outras peças do motor, que trabalham sempre em conjunto. É possível que mesmo um único componente seja o catalisador responsável por agravar a condição de todo o mecanismo.

Treinar o olho para identificar quais peças começam a apresentar desgaste e quais precisam de manutenção é uma prática que o motociclista adquire com o tempo. Para ajudar, veja a seguir quais itens você pode prestar atenção rapidamente antes de sair com sua moto:

Nível de óleo

Observe se o nível de óleo do motor está abastecido conforme as orientações do fabricante. Caso negativo, preencha com a quantidade necessária ou faça a troca completa pelo mesmo tipo de produto utilizado anteriormente.

Conjunto de corrente, coroa e pinhão

Esse conjunto é o responsável por garantir a transmissão da força do motor para a roda traseira de sua motocicleta. Verifique antes de sair se a peça está sem brilho ou se a corrente está seca ou dura, apresentando pouca maleabilidade. Se for esse o caso, chegou a hora de trocar ou realizar a manutenção.

Sistema de freios

Fique atento aos fluídos de freios, se estiverem abaixo do nível adequado, pode ser um sinal de que as pastilhas já estejam gastas. Faça também a checagem no manete e nos cabos de freio para se certificar de que a operação acontece normalmente.

Cabos de comando

Além dos cabos de freio, os cabos de aceleração e embreagem devem ser checados também. Se qualquer um desses cabos apresentarem sinais de desgaste – muito provavelmente por terem chegado ao fim da vida útil ou por falta de lubrificação adequada – então procure por novos cabos de comando.

Pneus

Uma vistoria rápida é fundamental para avaliar se o pneu já está ficando “careca”. O desgaste naturalmente ocorre com o tempo, mas o motociclista não pode se descuidar e deixar de realizar a calibragem regular.

Filtro de ar

O prazo de validade do filtro de ar depende de fatores como uso da moto e o tipo de terreno no qual ela geralmente roda. Por isso, lembre-se de observar a quantidade de sujeira impregnada na superfície e realizar limpezas periódicas com água e sabão. Compare seu filtro com um novo para entender qual é o momento certo de trocar.
Foto: Riffel/Divulgação

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: