10 Fatos: Yamaha MT-07 2019, o que mudou?

A nova Yamaha MT-07 2019 que chega ao Brasil passou pelos mesmos ajustes que a versão lançada no mercado internacional meses atrás. Isso acontece para adequar o modelo e manter seu sucesso.

Pode parecer pouco, mas juntos, todos esses ajustes formam uma boa lista de mudanças, que vão desde nova carenagem e entradas de ar, passam pelo novo assento e chegam até nas suspensões.

O farol dianteiro e lanterna traseira também foram atualizados, mas o motor bicilíndrico crossplane foi mantido o mesmo. Veremos a seguir 10 fatos sobre a nova MT-07 2019 além de algumas comparações com sua principal concorrente em nosso mercado.

FATO 1: MT-07 SE TORNOU UMA DAS MOTOS MAIS VENDIDAS DA YAMAHA NO MUNDO NOS ÚLTIMOS ANOS

Lançada em 2014 de forma até meio despretensiosa pois as atenções eram voltadas para a MT-09, sua irmã maior, a MT-07 foi um sucesso de vendas e aceitação desde sua chegada nas lojas.

Em apenas quatro anos o modelo já vendeu mais de 80.000 unidades em todo o mundo. E esse número não para de crescer. Em 2016, que nem sequer foi o ano de seu lançamento, a MT equivalia a 36% de todas as motos médias vendidas da marca.

Aqui no Brasil entre as principais concorrentes nessa faixa de cilindradas a MT-07 é a vice-líder de emplacamentos com 1.171 unidades emplacadas em 2018, até outubro. A líder é a CB 650F (1.473) e em terceiro, colada na MT-07, está a Suzuki GSX-S750 (1.114).

FATO 2: A MT-07 2019 TRAZ NOVAS CARENAGENS E ENTRADAS DE AR

Em comparação com a versão anterior, a nova MT-07 traz entradas de ar ao lado do tanque mais alongadas, agressivas e com linhas anguladas.

Mais perto do tanque, as carenagens que levam esses dutos de ar ficaram com formato mais ergonômico, acompanhando o desenho do tanque.

As pequenas proteções de plástico que protegem as laterais do radiador também seguiram o novo estilo visual.

FATO 3: APROVEITANDO QUE JÁ MENCIONAMOS ELE, A MT-07 2019 VEM COM NOVO TANQUE DE COMBUSTÍVEL

O desenho do tanque foi praticamente todo reformulado, como a parte central onde está a tampa de combustível. Agora essa peça plástica, que antes era pequena e parafusada no centro, se tornou uma peça inteira que vai da ponta do assento até o final do tanque.

Outra mudança no tanque que além de visual também é ergonômica foi seu desenho próximo as pernas do piloto. O novo formato nessa região permite um encaixe melhor, garantindo uma ergonomia confortável para acelerar a máquina sem stress.

FATO 4: APROVEITANDO QUE O TANQUE MUDOU, A YAMAHA DEU UMA LEVE AJUSTADA NO BANCO, UM ITEM QUE ALGUMAS PESSOAS COSTUMAVAM RECLAMAR

Para a nova MT-07 a Yamaha trouxe um novo assento. Arriscamos até dizer que se trata de um banco bipartido totalmente novo.

Na parte do piloto o banco ficou levemente mais largo na área de contato direto e ainda passou a se estender até os lados do tanque, dando maior conforto para as pernas.

Já para o carona, não há mais um espaço entre o banco da frente e o de trás. Agora o assento traseiro segue a linha do dianteiro e da estrutura do sub-chassi da moto até a rabeta. Segundo informações, ambos contam com uma nova camada de espuma, um pouco mais confortável.

FATO 5: SEGUINDO NA PARTE TRASEIRA DO LANÇAMENTO TEMOS A NOVA LANTERNA TRASEIRA

Para essa parte da MT-07 a Yamaha retirou a antiga lanterna traseira com um formato mais arredondado e que se curvava nas laterais junto com a carenagem para instalar uma nova luz de freio em LED mais agressiva.

O resultado é uma traseira mais agressiva e harmônica com o restante da moto.

FATO 6: JÁ QUE ESTAMOS FALANDO DE ILUMINAÇÃO, O FATO SEIS É SOBRE O CONJUNTO ÓTICO FRONTAL QUE TAMBÉM FOI MODIFICADO. ALÉM DISSO VOCÊS NOTARAM AONDE ESTÃO OS PISCAS DIANTEIROS NA NOVA MT-07?

Na parte visual, a dianteira da MT-07 foi renovada e agora equipa um farol reprojetado, mais largo e que é muito parecido com o da MT-09 “antiga”, pois no mercado internacional a MT-09 já conta com o novo conjunto ótico com dois faróis separados.

Um ajuste sutil e que poucas pessoas percebem é que a Yamaha aproveitou essa atualização do farol para mudar os piscas de lugar.

Antes eles estavam posicionados ao lado do conjunto ótico frontal, anexados naquela pequena parte em cima do farol, e agora foram instalados muito mais abaixo, ao lado do radiador. Uma alteração que só os mais atentos percebem ao ver as imagens.

FATO 7: A NOVA MT-07 QUE CHEGOU AO BRASIL TROUXE CONSIGO NOVOS AJUSTES NAS SUSPENSÕES, TANTO NA DIANTEIRA QUANTO NA TRASEIRA

Os componentes da suspensão foram aprimorados, como o garfo telescópico dianteiro que teve um aumento de 6% na taxa da mola e um aumento de também 6% no amortecimento de rebote, oferecendo maior controle da roda dianteira.

Já na suspensão traseira a Yamaha informa que há um novo amortecedor que também foi recalibrado e agora possui um ajustador da pré-carga da mola que facilita a vida do piloto nos ajustes necessários.

FATO 8: E O CORAÇÃO DESSA MÁQUINA, PASSOU POR MUDANÇAS? A RESPOSTA É NÃO. O MOTOR FOI MANTIDO O MESMO PARA A MT-07 2019

O propulsor não sofreu alterações e continua sendo um bicilíndrico de 689 cc que é capaz de gerar a potência máxima de 74,8 cavalos e tem torque de 6,9 kgfm.

Em comparação com suas duas principais concorrentes do nosso mercado a MT-07 é a que tem menos potência. Seus quase 75 cavalos são superados pelos 88 cavalos e meio da CB 650F e ficam muito atrás dos 114 cavalos oferecidos pela GSX-S750.

No torque, para fazer jus a nomenclatura MT (Master of Torque), a moto da Yamaha fica a frente da Honda. São 6,9 kgf.m para a MT-07 contra os pouco mais de 6,2 kgf.m para a moto da Honda. Mais uma vez as duas ficam bem atrás da GSX-S750, que se torna a mais cara das três.

FATO 9: APROVEITANDO O GANCHO, VAMOS FALAR DO PREÇO DA MT-07 E SUAS RIVAIS

O preço sugerido da Yamaha MT-07 2019 é de R$ 33.790,00, sendo R$ 1.500,00 mais cara que a versão 2018 que tinha o preço sugerido de 32.290,00.

Mesmo assim ela ainda é mais barata que sua principal concorrente, a CB 650F 2019 que custa R$ 34.900,00.

No topo da lista da mais cara está a GSX-S750 e seus mais de R$ 40.000,00 sugeridos. Porém, no site oficial vemos a Suzuki anunciar o modelo com preço sugerido a vista de R$ 37.630,00, mantendo ela no topo de mais cara entre as três, mas com um valor um pouco mais baixo.

FATO 10: A MT-07 2019 É A ÚNICA DAS SUAS PRINCIPAIS CONCORRENTES A TRAZER VERSÕES QUE EQUIPAM RODAS COLORIDAS QUE CONTRASTAM COM O VISUAL DA MOTO

A nova MT-07 é oferecida em três opções de cores diferentes: a Matt Black, traduzida como preto fosco; a Racing Blue, que nada mais é que azul metálico; e a Matt Gray Fluo, que é a cinza fosco;

O principal diferencial das duas últimas opções de cores são as rodas em Azul para a Racing Blue e rodas em amarelo fluorescente para a Matt Gray Fluo. Esse opcional garante um pouco mais de esportividade ao visual e agrada alguns públicos específicos desse nicho.

FATO EXTRA: A NOVA MT-07 2019 PODE SER MENOS POTENTE QUE SUA PRINCIPAL CONCORRENTE, MAS É MAIS LEVE

Com peso líquido informado de 183 kg, a Yamaha faz questão de salientar que a MT-07 é a mais leve da categoria, o que facilita a pilotagem e torna ela uma moto divertida.

Para critério de informação, a CB 650F 2019 tem peso a seco informado de 195 kg. São 12 kg a mais que a moto da Yamaha.

%d blogueiros gostam disto: