A marca inglesa anuncia o retorno de sua musculosa tricilíndrica em versões GT e R

Nova Triumph Rocket 3 estreia com mais torque que um Polo TSI

Depois de apresentar a exclusiva Rocket 3 TFC em edição limitada há alguns meses, a Triumph confirmou o rumo de que iria trazer de volta à sua gama uma muscle-cruiser. Ainda este ano, a Triumph Rocket 3 retornará ao catálogo da marca britânica em duas versões: Gran Turismo e Roadster. 

O visual da Rocket 3 se mantém inconfundível graças ao duplo farol de LEDs, enquanto o perfil do motor de três cilindros é complementado pelas rodas de alumínio forjado, acabamento no cardã e guidão com cabos escondidos, deixando a dianteira limpa e harmônica. 

Uma atenção extra é dada ao material e à sua construção: o tanque é esculpido em alumínio, assim como a tampa da caixa de ar, tampa do óleo, aletas do cárter e a tampa do cabeçote, além dos protetores de calcanhar dos pés do passageiro. 

O banco também é embelezado com detalhes exclusivos e pode ir de um banco único a duplo com uma peça adicional em poucos segundos. Ambas as versões são mais leves que as anteriores, com 291 kg a seco, ou cerca de 40 kg a menos. 

O maior motor produzido em massa do mercado de motos move a nova Rocket 3. O tricilíndrico em linha longitudinal refrigerado a água de 2.458 cc produz 165 cv a 6.000 rpm com pico de torque de 22,5 kgfm a 4.000 rpm (para efeito de comparação, um VW Polo TSI tem 128 cv e 20,4 kgfm). A transmissão via eixo cardã usa o câmbio de 6 marchas com um quickshift opcional e embreagem hidráulica assistida. 

Um escape de 3×1 dá vazão ao motor 2.5. As duas saídas de escape estão no lado esquerdo. 

A antiga estrutura em aço evoluiu para uma nova em alumínio que usa o motor como componente estrutural. Também é exclusivo o braço único com amortecedor deslocado que se integra com a transmissão e pode contar com monoamortecedor da Showa com reservatório externo para ajustes e curso de até 120 mm. 

O conjunto de freios é composto por uma dupla de discos de 320 mm mordidos por pinças da Brembo M4.30 Stylema em roda de 17″ na dianteira e disco de 300 mm com pinça monobloco de 4 pistões em roda de 16″ na traseira. Os pneus são Avon Cobra Chrome, feitos exclusivamente para esta moto, com 240 mm de largura na traseira. 

Ambas as versões da Triumph Rocket 3 passam a contar com o acelerador Ride by Wire e 4 modos de condução (Road, Rain, Sport e o personalizável Rider), além de uma série de auxiliares tecnológicos da plataforma IMU: freios ABS com função de curva, controle de tração com função curva, passando pelo assistente de partida em rampas e piloto automático, além dos opcionais Triumph Shift Assist e monitor de pressão dos pneus. 

A instrumentação é integrada em uma tela colorida de TFT, vinda da Scrambler 1200, com inclinação regulável e conectividade Bluetooth para smartphones e controle de GoPro. 

As diferenças entre as versões são poucas, mas importantes. A GT tem um perfil mais para turismo, com banco a 750 mm de altura do solo, e três regulagens de posição dos pedais, enquanto a R tem 773 mm de altura e uma posição mais esportiva. 

A Triumph Rocket 3 estará disponível ainda este ano nas cores Korosi Red e Phantim Black na versão R e Silver Ice e Storm Grey e Phantom Black na GT. Preços serão comunicados somente no dia 19 de novembro.

Fotos: Triumph

%d blogueiros gostam disto: