Brasileiro de Enduro FIM – Rômulo Bottrel assume liderança da E1

Patrocínio (MG) – Os pilotos e motocicletas do Campeonato Brasileiro aceleraram neste final de semana (9 e 10) no Enduro FIM de Patrocínio, em Minas Gerais, válido como a segunda etapa da competição. O Team Rinaldi foi ao pódio de cinco categorias, com destaque para a vitória de Rômulo Bottrel na E1. O desempenho do mineiro ainda rendeu a liderança na briga pelo título nacional da classe.

a2

Júlio César Ferreira (E2), Ripi Galileu (E3) e Michel Cechet (Over 35) conquistaram o segundo lugar em suas categorias, enquanto Ripi Galileu (E3) e Vinícius Luis da Silva “Musa” (Júnior) confirmaram a terceira posição. O Team Rinaldi ainda emplacou quatro pilotos no Top 10 da classificação geral: Bottrel (4º), Ferreira (6º), Martins (9º) e Musa (10º). A equipe teve a ausência do mineiro Rigor Rico, que abriu o Brasileiro como líder da E1 mas não pôde competir em Patrocínio por ter contraído dengue.

A prova, que completou 12 edições, é considerada uma das mais difíceis do calendário nacional. O percurso teve 40 quilômetros, incluindo Extreme Teste de 1,5 quilômetro, Cross Teste de 6 km e Enduro Teste de 4,5 km. Tanto no sábado quanto no domingo, os pilotos cumpriram três voltas no circuito e transpuseram obstáculos variados, como pedras, terreno acidentado, trilhas técnicas, deslocamentos travados e muito calor. O Team Rinaldi contou com a qualidade dos pneus dos modelos RW 33, SR 39 e HE40, da linha off-road da fábrica gaúcha.

“O Enduro de Patrocínio sempre é muito duro, exige bastante preparo físico. Foi importante assumir a liderança da E1 e tenho certeza de que posso render mais na categoria e na classificação geral”, analisou Bottrel. A terceira etapa do Brasileiro está marcada para o dia 29 de maio em Biguaçu (SC). “O equilíbrio tem sido forte entre os pilotos nesta temporada, não temos líderes isolados e qualquer detalhe pode fazer diferença nos resultados”, concluiu o piloto.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.

a3

 

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: