Brasileiro de Motocross define campeões neste fim de semana

Bento Gonçalves (RS) – O Campeonato Brasileiro de Motocross define os títulos da temporada 2017 neste fim de semana (9 e 10). As disputas terão como palco a pista de 1750 metros de extensão da Arena Verde Forte, em Charqueada, interior paulista. Patrocinado pela Rinaldi, o evento promete fortes emoções nas corridas das categorias MX1, MX2, MX2Jr, MXJr, MXF, MX4, MX5, 230cc, 65cc e 50cc.

De olho no bicampeonato pela MXF, a gaúcha Maiara Basso lidera a classe. “Estou muito animada para buscar mais esse título”, afirmou a piloto do Team Rinaldi, “Vou fazer o melhor na pista, mas sempre pensando no campeonato, que é o objetivo principal. Se eu ficar entre as três primeiras na corrida levo o título para casa”, continuou. Maiara acelera com os pneus SR 39 traseiro e HE 40 dianteiro, modelos da linha off-road da Rinaldi.

O catarinense Rafael Becker é um dos principais nomes da nova geração do motocross. Apesar de ter apenas 10 anos de idade, possui dois títulos brasileiros pela categoria 50cc. Ele busca a taça inédita da 65cc. “Estou muito feliz por chegar na final do Brasileiro na liderança da categoria. Eu treinei bastante e me preparei para a corrida final. Agora o foco é na vitória e em ser campeão brasileiro”, concluiu. O piloto irá utilizar os pneus Rinaldi RMX 35.

A equipe Ipiranga Honda Rinaldi IMS garantiu presença nas baterias com João Pedro Ribeiro (5º colocado da classe MX2), Frederico Spagnol (6º da MX2) e Renan Goto “Japinha” (4º da MX2Jr). O Team Rinaldi ainda conta com o piloto Gabriel Andrigo (6º da MXJr). Nos bastidores, a Rinaldi promete muita interação com o público por meio de suas promotoras, que irão distribuir brindes oficiais da marca.

Programação* – Final do Campeonato Brasileiro de Motocross 2017
Local: rena Verde Forte, em Charqueada (SP)

Sábado – 9/12
Das 7h às 7h45 – Vistorias técnicas

Treinos Livres
Das 8h às 8h15 – Categorias MX4 e MX5
Das 8h20 às 8h35 – 230cc
Das 8h40 às 9h10 – MX2 e MX2JR
Das 9h15 às 9h45 – MX1
Das 9h50 às 10h10 – MXJR
Das 10h15 às 10h30 – 50cc
Das 10h35 às 10h50 – MXF
Das 10h55 às 11h10 – 65cc

Treinos Cronometrados
Das 12h10 às 12h25 – MX4 e MX5
Das 12h30 às 12h45 – 230cc
Das 12h50 às 13h20 – MX2 e MX2JR
Das 13h25 às 13h55 – MX1
Das 14h às 14h20 – MXJR
Das 14h25 às 14h40 – 50cc
Das 14h45 às 15h – MXF
Das 15h05 às 15h20 – 65cc

Provas
16h – MX4 e MX5 (15 minutos + duas voltas)
16h30 – 230cc (15 minutos + duas voltas)
17h – 50cc (15 minutos + duas voltas)
17h30 – Pódio das classes MX4, MX5, 230cc e 50cc

Domingo – 10/12
Aquecimento

Das 8h às 8h20 – MX2 e MX2JR
Das 8h25 às 8h45 – MX1
Das 8h50 às 9h05 – MXF
Das 9h10 às 9h25 – MXJR
Das 9h30 às 9h45 – 65cc

Provas
10h10 – MXF (15 minutos + duas voltas)
10h40 – 65cc (15 minutos + duas voltas)
11h05 – Pódio classes MXF e 65cc
12h –  MX2 – 1ª bateria (30 minutos + duas voltas)
13h –  MX1 – 1ª bateria (30 minutos + duas voltas)
14h –  MXJR (20 minutos + duas voltas)
14h30 – Pódio da classe MXJR
15h – MX2 – 2ª bateria (30 minutos + duas voltas)
15h45 – Pódio da classe MX2
16h – MX1 – 2ª bateria: MX1 (30 minutos + duas voltas)
16h45 – Pódio da classe MX1.

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Final do Brasileiro de Hard Enduro – Com os títulos garantidos, o Team Rinaldi acelera na etapa final do Campeonato Brasileiro de Hard Enduro. A prova será realizada neste fim de semana (9 e 10) em Morungaba (SP). Os irmãos Rigor Rico e Ripi Galileu, campeão e segundo colocado da categoria Ouro, respectivamente, estão confirmados no grid.

“Temos boas expectativas para fechar o ano com mais uma vitória para o Team Rinaldi. Será uma prova difícil, com direito a desafio noturno – o que vai ser bem diferente”, contou Rico. A equipe também comemorou o título da categoria Prata de forma antecipada. A taça foi conquistada pelo piloto Ronald Santi, que não estará na etapa final.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015  e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.

 

%d blogueiros gostam disto: