Eric Granado aprova experiência com a CBR 1000RR-R Fireblade SP no Mundial de SuperBike

Piloto brasileiro cumpre objetivo de ganhar bagagem na competição e confirma 15º e 16ª lugares nas corridas de estreia em Estoril, Portugal

Estoril, Portugal – Eric Granado estreou no Campeonato Mundial de SuperBike com a sensação de dever cumprido. Patrocinado pela Honda Brasil, o piloto aproveitou ao máximo a oportunidade de acelerar na categoria de elite, a WorldSBK, com a nova moto Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP. Ele fechou a segunda corrida da etapa final da temporada 2020, realizada neste domingo (18/10) no circuito de Estoril, Portugal, em 16º lugar pela equipe MIE Racing Honda Team. Na primeira corrida, no sábado, o brasileiro conquistou um ponto na tabela ao alcançar a 15ª colocação. 

“Final de semana concluído com sucesso no Mundial de SuperBike, foi a minha primeira experiência no campeonato. Somei o primeiro pontinho ontem e estar aqui foi uma grande experiência”, resume Granado, atual tricampeão do SuperBike Brasil, piloto do Mundial de MotoE (para motos elétricas) e campeão europeu de Moto2 em 2017. Diante de tantas novidades no Mundial de SuperBike, o piloto teve o primeiro contato com a CBR 1000RR-R Fireblade SP e cumpriu a meta de adquirir bagagem na competição.

 “A moto tem grande potencial, fomos evoluindo aos poucos no fim de semana. Claro que não é fácil chegar aqui, os pilotos já com a temporada inteira de experiência e eu na última etapa do ano tendo que me adaptar à moto, aos pneus e ao formato de treinos e de corrida. Fisicamente também foi muito exigente, eu acabei bem cansado, mas foi uma grande experiência. Estou muito feliz, mais uma vez muito obrigado à Honda Brasil pela oportunidade”, continua Granado. 

Durante o desafio, ele também contou com o suporte de Reinaldo Campos, chefe de equipe da Honda Racing Brasil de Motovelocidade. “Estamos muito felizes com os resultados e ensinamentos obtidos na etapa, sem dúvidas os conhecimentos que o Eric adquiriu serão importantíssimos para a carreira dele”, explica Campos, ressaltando que o regulamento do Mundial permite a ampla preparação das motocicletas, ao contrário do SuperBike Brasil.  

“A nova moto Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP tem um potencial incrível e o Eric conseguiu adaptação rápida diante de adversários já familiarizados com os seus equipamentos. Foi um verdadeiro desafio estar aqui, uma ótima experiência”, conclui o chefe de equipe. 
  
Assim como a corrida inicial, a segunda bateria foi marcada por alto nível técnico e 21 voltas na pista portuguesa. Após alcançar o 18º lugar na Corrida Superpole, que definiu a ordem do grid de largada, Granado perdeu posições no início da prova e foi para o 21º lugar, mas no fim da primeira volta já ocupava o 19º posto. 

Na quinta volta, Granado avançou para o 17º lugar, pressionado pelo italiano Matteo Ferrari – que conseguiu a ultrapassar o brasileiro na décima volta. Mesmo acompanhado pelo companheiro de equipe da MIE Racing Honda Team, o japonês Takumi Takahashi, Granado não se abateu com as quebras e quedas que encontrou pelo caminho, mantendo a tocada consistente até o fim para confirmar o 16º lugar. Takahashi foi o 17º.  

A Honda retornou nesta temporada para o Mundial de SuperBike após 18 anos de ausência na competição. A Team HRC, equipe oficial de fábrica da Honda, teve como destaques na segunda corrida o quinto lugar do espanhol Alvaro Bautista e o sétimo do inglês Leon Haslam. 

Com a soma dos resultados obtidos em Estoril, Bautista encerra o campeonato em nono lugar com 113 pontos, seguido por Haslam, que teve o mesmo número de pontos. Takahashi ficou em 22º lugar, com seis pontos. Eric Granado, por ter marcado um ponto na corrida inicial de Estoril, aparece em 28º lugar na tabela da classe WorldSBK. O campeão da temporada 2020 foi o inglês Jonathan Rea (360 pontos).    

O Campeonato Mundial de SuperBike começou no fim de fevereiro, mas foi interrompido pelas paralisações devido à pandemia do coronavírus. Após a retomada, no final de julho, foram realizadas oito etapas, com o circuito de Estoril sendo palco da grande decisão.

Mundial de SuperBike 2020 – Etapa de Estoril, Portugal


Resultado – 2ª corrida WorldSBK (18/10) 
1 – Chaz Davies (GBR)
2 – Scott Redding (GBR)
3 – Toprak Razgatlioglu (TUR)
4 – Michael Van Der Mark (NED)
5 – Alvaro Bautista (ESP) – Team HRC – CBR 1000RR-R Fireblade SP
7 – Leo Haslam (GBR) – Team HRC – CBR 1000RR-R Fireblade SP
16 – Eric Granado (BRA) – MIE Racing Honda Team – CBR 1000RR-R Fireblade SP
17 – Takumi Takahashi (JPN) – MIE Racing Honda Team – CBR 1000RR-R Fireblade SP 


Resultado – 1ª corrida WorldSBK (17/10) 
1 – Toprak Razgatlioglu (TUR)
2 – Chaz Davies (GBR) 
3 – Garrett Gerloff (EUA)
4 – Jonathan Rea (GBR) 
5 – Leo Haslam (GBR) – Team HRC – CBR 1000RR-R Fireblade SP
14 – Takumi Takahashi (JPN) – MIE Racing Honda Team – CBR 1000RR-R Fireblade SP
15 – Eric Granado (BRA) – MIE Racing Honda Team – CBR 1000RR-R Fireblade SP
17 – Alvaro Bautista (ESP) – Team HRC – CBR 1000RR-R Fireblade SP

Mundo Press – Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil  

[youtube-feed]