FOTOS: KTM Factory Edition 2018

Nesta segunda-feira, 4, foi revelada a versão 2018 da KTM Factory Edition 450F, que é uma versão limitada com componentes iguais aos que as equipes norte-americanas utilizam.

Isso acontece porque a AMA – Associação Americana de Motociclistas – exige que as motos de competições sejam iguais as que vão para as lojas. Então, como ninguém corre com moto original, a KTM passou a fazer esta série limitada.

A AMA exige que pelo menos 400 motos iguais as utilizadas pelas equipes vão para as lojas. Resumidamente, é isso que a KTM faz: produz 400 motos Factory Edition para vender para o público “normal”.

Anos atrás, lá por 2013, 2014, elas eram bem diferentes das KTM’s “normais”. Depois, passaram a ser mais semelhantes em termos técnicos, mas com gráficos iguais aos que Ryan Dungey, Marvin Musquin e companhia utilizam (ou utilizavam).

Para 2018, muitas melhorias foram reveladas, apesar de não serem tão radicais como cinco anos atrás. A 450 Factory Edition 2018 perdeu peso (é a mais leve da categoria), ganhou ajustes no chassi, na suspensão, no motor.

O subframe (subquadro) de alumínio está 40mm mais longo, e o quadro (alaranjado como os plásticos) promete trabalhar melhor nos buracos, dando melhor resposta ao piloto. E a balança também é 5mm mais longa, o que melhora a tração em linha reta.

A KTM alega que a nova 450 FE é mais estreita, e que o banco foi redesenhado para melhorar a performance.

O motor é 450 gramas mais leve e 15 milímetros mais baixo. A nova junta entre escape e cabeçote permite retirar o cabeçote sem ter que tirar o amortecedor traseiro. O escape é mais curto e compacto para trazer o peso para o centro de gravidade da moto, mas promete ter o mesmo desempenho e sonoridade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: