GP LIGHT: RAFAEL NUNES VENCE DE PONTA A PONTA EM GOIÂNIA

977bf03741e8c7acdb0cd307a5e8d8d0_L

Prova do Moto 1000 GP teve interrupção e nova largada devido algumas quedas

Com ampla vantagem sobre os demais pilotos, o pole position Rafael Nunes, da Team Suzuki PRT, foi vencedor de ponta a ponta do GP Michelin na categoria GP Light, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, na manhã deste domingo (28). “Deu tudo certo, fiz uma boa largada e consegui manter o ritmo da corrida”, disse o piloto que fez a volta mais rápida da competição em 1min28s074. Nunes que continua líder do campeonato com 67 pontos atribuiu à vitória, em boa parte, ao trabalho de sua equipe.

O brasiliense Henrique Castro, da City Service BSB Motor Racing, não conseguiu acompanhar o ritmo de Nunes e terminou a corrida da terceira etapa do Moto 1000 GP, válida pelo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade na mesma posição que largou, a segunda. Castro considerou excelente o segundo lugar. “Fiz uma boa corrida, apesar de ter tido um certo desgaste”.

O terceiro lugar no pódio ficou para Marcelo Dahmer, piloto da K Racing que havia largado da nona posição. “O fim de semana foi complicado com duas quedas nos treinos, mas larguei bem, tentei acompanhar o ritmo dos ponteiros, mas não deu”, lamentou o gaúcho afirmando que mesmo assim ficou muito feliz com o pódio.

Dahmer fez uma primeira largada impressionante e liderou o início de prova, saindo do nono para o primeiro lugar. Mas, na segunda volta, um acidente envolvendo o piloto da Target Race Superbike Team, Marcos Prata, causou à interrupção da corrida. O piloto foi conduzido pelo médico do evento, Dr. Carlos Wahle, ao Hospital de Urgência de Goiás – HUGO. Ele estava clinicamente estável e consciente, com suspeitas de fratura de bacia. Uma nova largada foi autorizada instantes depois.

Na relargada Marcelo Dahmer, fez também uma boa largada, mas não superou Nunes, alcançado o terceiro lugar no pódio. Luciano Donato, da BMW Motorrad Petronas Racing, não fez a relargada devido a um problema com a moto.

Na segunda volta da relargada, o carioca Pedro Lins, da Center Moto Racing, que largou em terceiro, abandonou a prova depois de uma queda.

A disputa em todas as posições deixou a competição mais acirrada. O vencedor do Moto 1000 GP na categoria GP Light, Rafael Nunes, abriu boa vantagem sobre o segundo colocado, Henrique Castro, a partir da quinta volta.

Até a sexta volta Nunes era o único piloto a completar a volta em 1min28. O piloto da Team Suzuki PRT vem brigando pelas primeiras posições desde os primeiros treinos. Já a briga pelo terceiro lugar que esquentou o final da corrida, acabou quando Jean Vieira, da MS Racing Team, caiu.

GP MICHELIN – GOIÂNIA – GP LIGHT

(Resultado final da terceira etapa após 16 voltas)

1º) Rafael Nunes (PR/Team Suzuki PRT), Suzuki, 23MIN54S743

2º) Henrique Castro (DF/City Service BSB Motor Racing), Kawasaki, a 8s197

3º) Marcelo Dahmer (RS/K Racing), Honda, a 19s613

4º) Diogo Ramos (SC/SBK Moto Racing), Kawasaki, a 36s364

5º) Ricardo Negretto (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 36s897

6º) Ricardo Levy (SP/DRT), DRT-Ducati, a 47s137

7º) Edson Luiz (SC/2MT-PRT), Kawasaki, a 48s227

8º) Luciano Donato (SP/BMW Motorrad Petronas Racing), BMW, a 50s784

9º) Thiago Fonseca (PE/Center Moto Racing Team, Honda, a 1min12s845

10º) Erlon Franco (MS/Target Race Superbike Team), Kawasaki, a 1min13s717

11º) Gian Filippis (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 1min25s502

12º) Pablo Nunes (SC/SBK Moto Racing), Kawasaki, a 1min29s307

13º) Wellison Rocha (SP/Target Race Superbike Team), Kawasaki, a 1 volta

14º)Igor Guerra (MA/DLT-GP Racing), BMW, a 1 volta

15º) Iberson Thiago (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 1 volta

16º) Renan Passos (MA/DLT-GP Racing), BMW, a 1 volta

17º) Jean Vieira (SC/MS Racing Team), Kawasaki, a 2 voltas

NÃO COMPLETARAM

Marcos Ramalho (PR/2MT-PRT), Kawasaki

Márcio Pereira (SC/MS Racing Team), BMW

Pedro Lins (RJ/Center Moto Racing Team), Honda

Guilherme Calixto (GO/Gyn Racing Team), Ducati

Maurício Paludete (SP/Sport Plus Racing), BMW

Marcos Prata (BA/Target Race Superbike Team), Kawasaki

Melhor Volta: Nunes, na 11ª, 1min28s074, média de 156,141 km/h

Após três etapas, a classificação do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade na categoria GP Light é a seguinte: 1º) R. Nunes, 67; 2º) Dahmer, 47; 3º) Castro, 41; 4º) Vieira, 27; 5º) Negretto, 29; 6º) Levy e Ramos, 27; 8º) Ramalho, 25; 9º) Luiz, 23; 10º) Donato, 16; 11º) Franco, 15; 12º) Lins, 12; 13º Hazan e Filippis, 9; 15º) Paludete, Pereira e Fonseca, 7; 18º) Prata, 5; 19º) P. Nunes, 4; 20º) Ettinger e Rocha, 3; 22º) Passos, 2.

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: