Guarda Municipal de Belo Horizonte, MG, distribui antenas de proteção contra linha com cerol para motociclistas

Conscientizar os motociclistas a respeito dos riscos das linhas cortantes. Este foi o objetivo da blitz educativa realizada nesta quarta-feira (19) por agentes da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH).

Na ação realizada na avenida Cristiano Machado, na altura do bairro União, região Nordeste da capital, os motociclistas e pedestres receberam orientação a respeito dos riscos do uso do cerol e da linha chilena ao empinar pipas, além da distribuição de antenas de proteção para motocicletas.

De acordo com o subinspetor Leroy, que coordenou a ação, o grande fluxo de veículos do local, a facilidade do acesso ao Anel Rodoviário e ainda o fato de existirem registros anteriores de uso de linhas cortantes nas proximidades foram os fatores que levaram a Guarda Municipal a escolher aquele ponto para realizar a blitz educativa.

“Estamos atuando de forma preventiva, para evitar que os acidentes ocorram. Fizemos uma série de palestras em escolas e também abordagens para verificar a veracidade de denúncias de uso da linha cortante”, contou.

Segundo dados da Guarda municipal, nos 15 primeiros dias deste mês, os agentes apreenderam 610 latas envoltas com linha chilena ou cerol na Grande BH.

Durante a blitz foram distribuídas 50 antenas de proteção contra linhas cortantes e folhetos explicando como evitar acidentes. “Achei muito bom ver que estão alertando as pessoas para este problema. Instalaram a antena de proteção na minha moto e agora não estou mais tão exposto a essas linhas como antes”, avaliou o motoboy Márcio Luiz da Silva, de 38 anos.

%d blogueiros gostam disto: