Harley Davidson prepara motos eléctricas para os próximos anos

A Harley Davidson é uma marca com um carisma especial, mas nem ela pode fechar os olhos à evolução – estando já a trabalhar em vários modelos eléctricos para enfrentar a próxima década.

A famosa marca de motas Harley Davidson está a preparar 100 novos modelos para os próximos 10 anos, entre os quais, conta o Drive, se encontram diversas motas eléctricas.

A Harley lançou já há dois anos o protótipo conhecido como Project Livewire, que troca o tradicional motor V2 das Harley por um motor eléctrico de 55kW e 70Nm, com uma bateria que oferece uma autonomia para 85km.

Um dos aspectos em que a Harley Davidson definitivamente não acredita é na aplicação de sistemas de condução autónoma às motas. Não vai acontecer, diz a empresa.

A sua visão é precisamente no sentido oposto, o de que a automação cada vez maior nos automóveis irá fazer com que muitos condutores procurem as motas como forma de manterem um veículo que continua a estar completamente sob o seu controlo manual – e com o qual muitas pessoas concordarão.

Resta saber se os motoqueiros mais tradicionais já estarão preparados para comprar uma Harley que em vez do característico som do motor de combustão tenha um som “eléctrico” – que a marca também quer que seja diferente de todos os outros sons no mercado, e que no futuro passará a ser o seu som emblemático.

 

 

%d blogueiros gostam disto: