A Honda é, sem sombra de dúvida, a empresa que mais investe em educação para o trânsito no setor de motocicletas no Brasil.

Alguns vão até dizer que é natural que seja assim, afinal, a Honda é a que mais vende e detém para si 80% de participação no mercado de motocicletas no Brasil. Será que isso é natural mesmo? E as outras empresas do setor, será que investem proporcionalmente à sua participação? E o restante da cadeia do setor de motocicletas, também realiza investimentos nisso?

Pois é, há muitas perguntas, poucas respostas (por enquanto), mas essa é uma boa (e saudável) discussão para nosso setor, sobretudo porque os números relativos a segurança no trânsito para motos e motociclistas não são lá muito favoráveis e, portanto, todo e qualquer investimento feito em educação e segurança no trânsito é necessário e muito bem vindo.

Foram realizadas as mais variadas atividades em todo o Brasil e a empresa informa que, no total, estima-se que cerca de 20 mil pessoas participaram das atividades. Entre as ações, destaca-se a atuação das equipes dos Centros Educacionais de Trânsito Honda – CETH, em Indaiatuba-SP, Recife-PE e Manaus-AM, que promoveram cursos para frotistas de empresas públicas e privadas, além de palestras sobre conceitos de cidadania e convivência entre motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres para estudantes do ensino fundamental de escolas públicas.

Também houve moto passeio e atividades do Clubinho Honda, programa que tem o objetivo de apresentar, de forma lúdica, para crianças de 4 a 7 anos, as situações e leis que envolvem o trânsito. Além disso, uma campanha interna, que envolveu funcionários e prestadores de serviço de todas as unidades da empresa no Brasil, contemplou a distribuição de fitas amarelas, em alusão ao movimento Maio Amarelo, com uma mensagem em prol da Harmonia no Trânsito. Todos (inclusive eu) foram convidados a utilizar a fita em seus veículos (carros, motos, bicicletas) ou pertences pessoais (mochilas, chaves de casa, etc) como forma de demonstrar apoio à causa e contagiar as pessoas à sua volta.

Houve, ainda, a distribuição da fita para participantes do 20° Moto Check-Up, realizado na última semana, na cidade de São Paulo pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) e suas associadas, juntamente com a Prefeitura Municipal e a CET.

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: