Kawasaki Z900 2021 é lançada no Brasil por R$ 47.990

A naked ganhou visual atualizado, com quadro reforçado e painel de TFT, que permite conexão com o smartphone. Motor de 125 cv foi atualizado, e entrega de potência ficou mais linear, diz marca.

Kawasaki Z900 2021 foi lançada nesta terça-feira (7) no Brasil. O modelo foi apresentado no Salão Duas Rodas 2019 e chega em agostos às lojas do país por R$ 47.990.

Durante o mês de julho, no entanto, haverá uma pré-venda com unidades limitadas por preço promocional de R$ 45.990. Ao comparar com o modelo 2020, que custava R$ 43.490, houve um acréscimo de R$ 4,5 mil no valor final da Z900 2021.

Apesar da crise mundial do coronavírus, a fabricante se mostrou otimista com os resultados obtidos no ano até agora.

“Tivemos números bons, números que nos agradaram. Foi um primeiro semestre desafiador, mas foi um resultado muito interessante. E isso nos deu mais gás para lançar a Z900”, disse Vitor Rosinholi, chefe de marketing da Kawasaki, em live.

Vitor Rosinholi, chefe de marketing da Kawasaki, em live nesta terça (7) — Foto: Reprodução/Youtube

Vitor Rosinholi, chefe de marketing da Kawasaki, em live nesta terça (7) — Foto: Reprodução/Youtube

No primeiro semestre de 2020, a montadora teve 3.165 unidades emplacadas no Brasil, de acordo com números divulgados pela associação das concessionárias, a Fenabrave, o que coloca a Kawasaki com a 5º colocada no ranking geral de vendas.

No mesmo período de 2019, a montadora havia emplacado 3.389 motos, o que mostra uma redução de apenas 6,6% nas vendas mesmo com a pandemia.

Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

O que mudou na Z900

A naked ganhou visual atualizado, com quadro reforçado e painel de TFT, que permite conexão com o smartphone.

Além disso, também foram introduzidos modos de condução, com diferentes níveis de entrega de potência, para deixar a moto mais versátil. O motor, de 4 cilindros, não mudou e continua com 125 cavalos de potência, mas passou por ajustes, e, segundo a .marca, tem acelerações mais lineares.

Kawasaki Z900 — Foto: Fabio Tito/G1

Kawasaki Z900 — Foto: Fabio Tito/G1

Entre as novidades, a moto ganha também controle de tração em três níveis de pilotagem, que funcionam em diferentes condições. Esses modos podem ser usados para uma pilotagem mais esportiva, ou para percorrer superfície escorregadias com segurança, por exemplo.

Diferenças visuais entre a Z900 2020 e a Z900 2021 — Foto: Divulgação

Diferenças visuais entre a Z900 2020 e a Z900 2021 — Foto: Divulgação

Veja principais novidades da Z900:

  • Riding Mode (4 níveis de entrega de potência e de atuação do controle de tração
  • Painel TFT
  • Conexão com bluetooth
  • Novo visual
  • Luzes de LED
  • Entrega de potência, do total de 125 cavalos, mais linear
  • Reforços estruturais no chassi
Painel da Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

Painel da Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

Painel com sistema Rideology

A Z900 ficou mais “conectada” no modelo 2021 com a estreia do aplicativo Rideology. Disponível nas lojas Apple e Android, o sistema funciona como um computador de bordo portátil da motocicleta. É possível ver dados cotidianos da moto e também sobre telementria, para aqueles que utilizarem a moto na pista.

Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

Kawasaki Z900 2021 — Foto: Divulgação

%d blogueiros gostam disto: