Motociclistas são alvos de operação da polícia rodoviária na Fernão Dias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez uma operação neste domingo (28) com o objetivo de coibir práticas ilegais como o excesso de velocidade e disputa de racha na Rodovia Fernão Dias. A quarta edição da Operação Speed tem como alvo motocicletas de grande cilindrada.

A ação ocorreu na região de Atibaia e contou com a participação de policiais rodoviários federais de todo o estado de São Paulo, além de policiais civis e agentes da Guarda Civil Municipal de Atibaia. Um dos helicópteros da Divisão de Operações Aéreas da PRF (DOA) também apoiou as ações, acompanhando pelo ar os motociclistas que tentavam fugir da operação de fiscalização.
Iniciando às 7h, a operação realizou a fiscalização e verificação de 207 motocicletas, seus condutores e também os passageiros até o meio-dia, quando as ações foram encerradas.

O saldo final foi de:
• 76 testes de etilômetro realizados;
• 68 multas por diversas infrações foram lavradas;
• 25 condutores foram autuados (já incluso nas 68 multas) e tiveram seus documentos de habilitação retidos, por estarem vencidos ou suspensos – por pontuação ou infrações que determinam a suspensão imediata da CNH;
• 18 veículos tiveram seus documentos retidos por irregularidades em equipamentos obrigatórios ou uso de algum equipamento ou acessório não permitido. Estes veículos devem ser reapresentados na PRF em até cinco dias, devidamente regularizados para a restituição do documento de licenciamento aos seus condutores/proprietários;
• Duas motos foram retidas (apreendidas) por infrações que impediam sua circulação;
Durante a operação um motociclista tentou fugir da fiscalização, sendo perseguido por viaturas e pela aeronave da PRF.

O homem, que levava ainda um jovem na garupa, acabou caindo da motocicleta enquanto tentava despistar os policiais. Os dois ocupantes da moto sofreram ferimentos leves e foram conduzidos ao Hospital Universitário São Francisco, em Bragança Paulista, e passam bem. O condutor desta motocicleta responderá pelos crimes de conduzir veículo sob efeito de álcool, desobediência, direção perigosa e por colocar a vida de outras pessoas em risco.

Imagem: Polícia Federal Rodoviária / Divulgação

 

%d blogueiros gostam disto: