Motociclistas vão pagar pedágio na região de Ribeirão Preto

A chegada de uma nova concessionária de rodovias à região, prevista para os próximos dois meses, pode impactar no bolso dos motociclistas. A Entrevias vai absorver a operação e manutenção, pelos próximos 30 anos, de 299 quilômetros do eixo viário entre Ribeirão Preto, Bebedouro e Igarapava, a maior parte do trecho hoje sob concessão da Vianorte. O novo contrato de concessão estipula a cobrança de tarifa dos motociclistas.

Segundo a Entrevias, haverá uma pista exclusiva para o recolhimento da tarifa dos condutores de motos, com tecnologia de cobrança semiautomática. Porém, os valores de pedágio a serem praticados ainda não estão definidos, visto que os cálculos finais das novas tarifas ainda são realizados pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

Para a Artesp, a cobrança dos motociclistas, que já ocorre em todas as concessões de rodovias feitas a partir de 2008, “torna a tarifa de pedágio mais justa ao distribuir entre todos os perfis de usuários da rodovia os custos de operação, socorro médico e mecânico, conservação e investimentos em novas obras”.

Ainda segundo a agência, como motocicletas são veículos mais leves, “o valor do pedágio é metade do valor estipulado para veículo de passeio”.
 

 

 

 

 

 

Valores de pedágio na área de concessão da Entrevias na região de Ribeirão Preto (Arte / A Cidade)
%d blogueiros gostam disto: