Nova Scout Bobber 1150

A Indian Motorcycles apresentou a novidade Scout Bobber 1133 2018, lançamento mundial da marca. O modelo foi customizado de fábrica no estilo Bobber, que é despojado e limpo de supérfluos, como usado no fim da última guerra mundial, tem para-lamas curtos e banco solo. As pedaleiras e o banco do passageiro são vendidos separadamente. O visual despojado é muito atraente, com o chassi e o motor à vista, com tampas tudo em preto fosco. Os dois imponentes escapes duplos também receberam o mesmo acabamento e, no tanque, novo logo Indian é grandão para destacar. Os arranjos estéticos terminam nas rodas de liga leve, aro 16 polegadas, de oito raios, calçando pneus balão de uso misto, que dão um ar mais robusto. A pilotagem, que devido a modificações é mais ereta e confortável, tem, no entanto, pegada esportiva, com o guidão plano e mais largo, além do chassi em alumínio mais leve, porém, segundo a fabricante, mais rígido. Isso resulta em melhor estabilidade, mesmo em alta velocidade, e em mais agilidade nas manobras. A Scout Bobber chega nas cores preto, prata, bronze e vermelho e tem preço sugerido, em SP, de R$ 50 mil.

Motor moderno

Diferente da maioria das custom as Indian Scout são equipadas com o moderno motor V2 de comando duplo de válvulas no cabeçote e refrigeração líquida completa, que, por isso, informa fabricante é muito mais potente e desenvolve velocidades bem maiores – até 200 km/h. Oferta um comportamento quase esportivo e esquenta muito menos. Com 1.133 cc e capaz de gerar potência de 94 cv e 9,96 kgfm de torque a apenas 5.900 rpm. A alimentação é por injeção e o acelerador eletrônico. Para entregar a força às rodas tem câmbio de seis marchas (a sexta é longa preparada pra estradas) ligado a uma transmissão por correia dentada. A Scout Bobber vem com velocímetro redondo na mesa do guidão. Ele é dotado de Indicador de Km Trip, conta-giros digital, indicador de temperatura do motor, luz indicadora de reserva, indicador de marcha e luz do ABS. A suspensão dianteira tem garfos telescópicos e, na traseira usa dois amortecedores com regulagem de pré-carga de mola. Os freios são a disco na frente (merecia dois discos na frente) e atrás e usam mangueira de malha de aço, que não dilatam com o aquecimento, com a missão de garantir maior eficiência na frenagem. Uma curiosidade é os indicadores de direção, que agora têm luz de presença e luz de freio embutidos em LED. Mais informações no www.indianmotorcycle.com/pt-br.

Scout Bobber

Motor: V2 de 1.133 cc, duplo comando de válvula no cabeçote, injeção eletrônica com acelerador eletrônico e refrigeração à água

Potência 94 cv

Torque (força): 9,96 kgfm 5.900 rpm

Câmbio: 6 marchas

Transmissão: correia dentada

Chassi: em alumínio

Freios ABS: (D) disco (T) disco

Pneus: (D) 130/90-16 (T) 150/80-16

Tanque: 12,5 L

Peso: 245 Kg

Preço em SP: R$ 50 mil

%d blogueiros gostam disto: