Produção de motos tem queda de 21% em fevereiro, diz Abraciclo

Mês fechou com 110.809 unidades fabricadas no país.
Em 2014, indústria havia registrado 140.259 motos produzidas no período.

Do G1, em São Paulo

Produção de motos Honda (Foto: Caio Mattos/Divulgação)
Produção de motos Honda
(Foto: Caio Mattos/Divulgação)

O mês de fevereiro de 2015 terminou com queda de 21% na produção de motos, informou a Associação Brasileira dos fabricantes de Motocicletas e Similares (Abraciclo), nesta sexta-feira (6).

De acordo com a entidade, o volume foi de 110.809 unidades no período, número inferior em relação às 140.259 motos produzidas em fevereiro de 2014.

Comparando com janeiro, que alcançou 122.057 unidades feitas no país, a produção foi 9,2% inferior.

Vendas
As vendas no atacado – para concessionárias – chegaram a 108.637 unidades em fevereiro, correspondendo a um crescimento de 3,7% em relação a janeiro (104.205 motocicletas). Na comparação com fevereiro de 2014 (138.228 unidades), houve retração de 21,8%.

No varejo, foram vendidas 93.796 motocicletas, o que representa um recuo de 13,7% ante o volume de janeiro (108.647 unidades) e de 21,5% em relação a fevereiro de 2014 (119.462).

A média diária de vendas no mês chegou a 5.211 unidades, volume ligeiramente superior (0,72%) ao da média de janeiro (5.174), porém 12,7% menor em relação à de fevereiro do ano passado (5.973), que teve dois dias a mais de comercialização.

Exportações
O segmento de motocicletas registrou uma evolução de 14,6% nas exportações, passando das 2.174 unidades de janeiro para 2.491 motos em fevereiro. Na comparação com o mesmo mês de 2014 (9.625), no entanto, as exportações caíram 74,1%.

De acordo com a entidade, a queda ocorreu principalmente devido à redução de negócios com a Argentina, que até recentemente era o principal destino das motocicletas produzidas no Polo Industrial de Manaus – PIM.

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: