PROJETO CUP ESCOLA REÚNE 45 PARTICIPANTES NO GP LUBRAX EM CURITIBA

Publicado em Press Oficial 2015

 

3d5afccc7603c81d8b4a560d3d8b8e68_L

 

 

Copa paralela ao Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá sua segunda corrida neste domingo, em Curitiba, a partir das 14h55

O GP Lubrax, quinta etapa do Moto 1000 GP, terá as corridas de suas quatro categorias neste domingo (30) no Autódromo Internacional de Curitiba. A programação prevê, além das provas da GP 1000/GP 1000 Evo, GP Light, GP 600/GP 600 Evo e GPR 250, as sessões de treinos e a disputa da segunda prova da Cup Escola, categoria idealizada e lançada nesta temporada que não conta pontos pelo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.

A Cup Escola é voltada a motociclistas cotidianos e sem experiência em competições profissionais. Desenvolvido em parceria com a Motors Company, do piloto Leandro Mello, o novo projeto abre aos participantes a oportunidade de utilização esportiva às suas motocicletas. A primeira corrida da Cup Escola foi disputada na etapa de julho, em Campo Grande, com 10 motociclistas. Em Curitiba, foram 45 os participantes da programação de treinos livres.

“Queríamos implantar esse projeto há algum tempo e isso foi possível agora, a partir da parceria com a Motors Company”, cita o organizador do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler. Alan Douglas, campeão do Moto 1000 GP em 2011, atua ao lado de Mello na instrução teórica e prática aos participantes. “Tivemos a prova experimental na terceira etapa, em Goiânia, e o projeto foi implantado em Campo Grande. Em Curitiba já temos 45 participantes”, exulta Scudeler.

A Cup Escola não integra a disputa pelo título brasileiro. “É uma copa que vai acompanhar o Moto 1000 GP em todas as etapas até o fim do ano. Os participantes têm à disposição toda a infraestrutura, esquema de segurança e resgate, regras claras, programação de treinos e corrida, a premiação no pódio. Enfim, eles, se divertem competindo contra outros motociclistas que têm o mesmo nível de conhecimento e habilidade”, conclui Scudeler.

A programação do GP Lubrax teve quatro sessões de treinos livres para os participantes da Cup Escola entre a sexta-feira (28) e o sábado (29), quando serão disputadas duas sessões classificatórias. A corrida, no domingo, terá 11 voltas, com largada às 14h55. A classificação dos participantes do projeto em categorias segue especificações técnicas – a disputa pelas vitórias é subdivida entre os inscritos com motos de 1.000 cilindradas e de 600 cilindradas.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, que fornece pneus a todas as equipes participantes. O Moto 1000 GP também conta, em sua quinta temporada de história, com apoio de Beta Ferramentas, Puig, MSR Macacões Personalizados, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: