Rally Dakar 2016 – 4ª etapa – Quadriciclos: Hernández vence, Casale continua líder

Alexis Hernández (Yamaha YMF 700 Raptor)
Alexis Hernández (Yamaha YMF 700 Raptor)

O peruano Alexis Hernández (Yamaha YMF 700 Raptor) levou a melhor numa batalha com o argentino Marcos Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor). Após os 429 km do trecho cronometrado da 4ª etapa do Rally Dakar 2016, realizada nesta quarta-feira (06/01), Hernández foi quatro segundos mais rápido que Patronelli, dono de dois títulos da categoria quadriciclos do Dakar (2010 e 2013).

A terceira colocação na etapa fico com o chileno Ignacio Casale (Yamaha YMF 700 Raptor), que conseguiu administra sua vantagem e se manter na ponta da classificação acumulada após quatro etapas.

DIVULGAÇÃO

Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor)
Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor)

O dia também bastante positivo para o brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor), quarto colocado na etapa, e que com o resultado assumiu a vice-liderança da categoria.

Quem ficou contente de apenas ter conseguido completar o percurso foi o polonês Rafal Sonik (Yamaha YMF 700 Raptor), vencedor da edição de 2015. Rafal teve de administrar um vazamento de óleo no motor de seu quadri.

Classificação da 4ª etapa (extraoficial):

1 – Alexis Hernández (Yamaha YMF 700 Raptor): 04:53:23
2 – Marcos Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:04
3 – Ignacio Casale (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:00:38
4 – Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:03:57
5 – Mohamed Abu Issa (Honda TRX 700): + 00:04:17

Classificação geral após a 4ª etapa (extraoficial):

1 – Ignacio Casale (Yamaha YMF 700 Raptor): 11:55:41
2 – Marcelo Medeiros (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:11:17
3 – Alejandro Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:14:08
4 – Alexis Hernández (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:15:16
5 – Marcos Patronelli (Yamaha YMF 700 Raptor): + 00:17:41

Nesta quinta-feira (07/01), será disputada a 5ª etapa, partindo de Jujuy, na Argentina e chegando a Uyuni, na Bolívia. As motos e quadriciclos terão uma especial de 327 km, num total de 642 km a serem percorridos.

Colaboração especial do piloto e engenheiro Klever Kolberg.

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: