Roman Jelen estreia na IMS Racing com título da Superliga Brasil

Bragança Paulista (SP) – Roman Jelen estreou da melhor forma possível na equipe IMS Racing: com o título da MX3 na Superliga Brasil de Motocross 2015. O esloveno deu show da pista e levou o público ao delírio em Bragança Paulista, interior de São Paulo, neste domingo. Stefany Serrão, patrocinada por IMS e Honda, também garantiu lugar no pódio e foi a quarta mais rápida da categoria que reúne mulheres e pilotos acima de 35 anos.

Depois de uma largada consistente, Jelen logo assumiu a liderança e abriu vantagem a cada volta até confirmar o título com tranquilidade. “Quero agradecer a IMS Racing e ao Wellington Valadares, chefe da equipe, pela oportunidade de competir. Estar no Brasil, na pista e em contato com o público, é um mundo totalmente diferente para mim”, contou e veterano, que é casado com uma brasileira há 10 anos e mudou recentemente para Votorantim, na região de Sorocaba (SP).

O esloveno tem grande experiência no circuito internacional, tanto que defendeu o seu país e já foi chefe de equipe no Motocross das Nações. Ele mostrou alto nível técnico e mesmo sem ritmo de prova levou a bandeira quadriculada com mais de 27 segundos de vantagem sobre o segundo colocado. “Ainda não me sinto totalmente confortável na moto e sei que posso render mais. Fiquei impressionado com o desempenho das mulheres na corrida, elas merecem todo o meu respeito”, acrescentou Jelen.

Stefany Serrão também saiu da pista satisfeita. “Foi uma ótima bateria. Esta temporada é a minha estreia com as motos de 450 cilindradas e tenho conseguido melhorar a cada prova. Levei uma trombada e fiquei com o ombro direito doendo, mas consegui um lugar no pódio e estou muito satisfeita. Foi ainda melhor do que eu esperava”, concluiu a paulista.

Mais IMS Racing – A IMS Racing marcou presença em outras categorias pela Superliga Brasil. O inglês Adam Chatfield fez o holeshot e liderou boa parte da primeira corrida da MX1, mas teve problemas com o freio e terminou em quinto. Com o oitavo lugar na segunda bateria, o piloto confirmou o oitavo lugar na classe, seguido pelo paranaense Rafael Faria, que retornou às pistas após se recuperar de uma fratura no braço. Caio Lopes foi o sétimo na soma das corridas da MX2.

Stefany Serrão também obteve sucesso na corrida da MXF e foi ao pódio em segundo lugar. “Cometi um erro e caí na segunda volta, foi uma pena, porque estava em um bom ritmo. Perdi tempo e ficou difícil brigar pela liderança, gostaria de ter disputado até o fim, mas no final foi um bom resultado”, concluiu.

A equipe IMS Racing conta com o patrocínio de Ipiranga, Honda e Levorin e com o apoio de Polisport e Yoshimura.

Resultados – Superliga Brasil de Motocross 2015
MX3
1 – Roman Jelen – IMS Racing
2 – Willian Guimarães
3 – Mariana Balbi
4 – Stefany Serrão
5 – André Stocovich

MX2 – 1ª bateria
1 – Fábio Santos
2 – João Pedro Ribeiro
3 – Hector Assunção
4 – Dudu Lima
5 – Enzo Lopes
8 – Caio Lopes – IMS Racing

MX1 – 1ª bateria
1 – Carlos Campano
2 – Jean Ramos
3 – Wellington Garcia
4 – Carlos Badiali
5 – Adam Chatfield – IMS Racing
9 – Rafael Faria – IMS Racing

MXF
1 – Mariana Balbi
2 – Stefany Serrão – IMS Racing
3 – Lays Cazadini
4 – Barbara Fernandes
5 – Ana Lúcia Vizoni

MX2 – 2ª bateria
1 – Hector Assunção
2 – Fábio Santos
3 – Enzo Lopes
4 – João Pedro Ribeiro
5 – Dudu Lima
8 – Caio Lopes – IMS Racing

MX2 – Soma das baterias
1 – Fábio Santos – 47
2 – Hector Assunção – 45
3 – João Pedro Ribeiro – 40
4 – Enzo Lopes – 36
5 – Dudu Lima – 34
7 – Caio Lopes – 25 – IMS Racing

MX1 – 2ª bateria
1 – Jean Ramos
2 – Jetro Salazar
3 – Carlos Campano
4 – Jorge Balbi
5 – Carlos Badiali
8 – Adam Chatfield – IMS Racing|
9 – Rafael Faria – IMS Racing

MX1 – Soma das baterias
1 – Jean Ramos – 47
2 – Carlos Campano – 45
3 – Jetro Salazar – 35
4 – Wellington Garcia – 35
5 – Carlos Badiali – 34
8 – Adam Chatfield – 29 – IMS Racing
9 – Rafael Faria – 24 – IMS Racing

 

x1 x2 x3

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: