Scooter Honda Forza 300 é registrado no Brasil

Lançado no começo do ano na Europa, o novo Honda Forza 300 teve seu desenho industrial registrado no Brasil pela fabricante, como mostra o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). O scooter tem design arrojado e é bem equipado, trazendo chave presencial e controle de tração, entre outros itens. Embora tenha sido registrado e haja grande expectativa por sua venda no Brasil, não há confirmação de que o Forza será vendido no nosso mercado.

Lançado no começo do ano na Europa, o novo Honda Forza 300 teve seu desenho industrial registrado no Brasil pela fabricante, como mostra o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). O scooter tem design arrojado e é bem equipado, trazendo chave presencial e controle de tração, entre outros itens. Embora tenha sido registrado e haja grande expectativa por sua venda no Brasil, não há confirmação de que o Forza será vendido no nosso mercado.

 

As rodas também são diferentes. O Forza utiliza roda de 14 polegadas na traseira com pneu 140/70, e roda de 15 polegadas na frente, calçando pneu 120/70. Um de seus destaques é ser equipado com controle de tração, detectando o escorregamento da roda traseira e, neste caso, reduzindo a quantidade de combustível do sistema de injeção até igualar o giro das rodas.

O Forza tem ainda painel com tela digital para computador de bordo, que traz informações de consumo instantâneo, autonomia e outras funções. Os faróis são de LED e há chave presencial, como no SH 300i brasileiro. Na Europa, o Honda Forza 300 é vendido por 5.799 euros, o equivalente a R$ 27,9 mil em conversão direta. Como comparação, o SH 300i custa 5.499 euros (cerca de R$ 26,5 mil), apenas 300 euros a mais. Como o SH 300i é vendido no Brasil por R$ 20.990, o Forza 300 teria que custar algo na casa dos R$ 22 mil para manter a paridade. Mas será que vem mesmo?

Fotos: divulgação e reprodução

 

 

%d blogueiros gostam disto: