Scout FTR750 revoluciona o Flat Track nos EUA

Foi aberta dia 15/03 a temporada de corridas profissionais de Dirt Track (corrida na terra) nos Estados Unidos, uma novidade que está conquistando o mundo todo, inclusive o Brasil! O Campeonato Americano de Flat Track é disputado em um circuito oval, exigindo o máximo de inclinação das motos, grip dos pneus e proporcionando altas velocidades. É o maior campeonato de Dirt Track e um dos mais longos do esporte a motor. Sancionado pela AMA Pro Racing em Daytona Beach, na Flórida, as séries são vistas como as corridas de Flat Track mais competitivas do globo.

Assim como em 2017, o campeonato será o ringue para uma das disputas mais antigas das corridas: Indian x Harley. A Indian começou no ano passado arrasando com a Scout FTR750, construída especialmente para esse tipo de prova e assinando com os pilotos mais concorridos. Além das duas marcas participam também Kawasaki, Ducati, Honda, Yamaha e outras.

A equipe Indian está a postos com os pilotos Jared Mees, Bryan Smith e Brad Baker, que voltaram na edição de 2018 com o objetivo de vencer novamente o campeonato com a Scout FTR750, uma variação da Indian Scout criada especialmente para o Flat Track. Na temporada de 2017, eles terminaram o ano em primeiro, segundo e terceiro lugar no campeonato, respectivamente. Ao todo, a equipe conquistou um total absurdo de 14 vitórias, 37 pódios e 6 pódios ocupados só por pilotos Indian!! O grande campeão, Jared Mees, venceu sozinho 10 corridas e cravou um novo recorde de 17 pódios em uma mesma temporada!

A equipe Indian está a postos com os pilotos Jared Mees, Bryan Smith e Brad Baker, que voltaram com o objetivo de vencer novamente o campeonato com a Scout FTR750, uma variação da Indian Scout criada especialmente para o Flat Track. Na temporada de 2017, eles terminaram o ano em primeiro, segundo e terceiro lugar no campeonato, respectivamente. Ao todo, a equipe conquistou um total absurdo de 14 vitórias, 37 pódios e 6 pódios só de Indian!! O grande campeão, Jared Mees, venceu sozinho 10 corridas e cravou um novo recorde de 17 pódios em uma mesma temporada!

Pilotos migram para a Indian

A motocicleta, que se transformou em símbolo do resgate às origens da Indian nas corridas, chamou a atenção de seis pilotos independentes, que encomendaram a FTR750 para correr o campeonato deste ano. Entre eles, o tri-campeão do Campeonato Nacional americano, Kenny Coolbeth Jr. “Depois de ver do que a Indian FTR 750 é capaz, eu não poderia estar mais animado para pilotá-la nesta temporada. Eu treinei bastante e não vejo a hora de competir e dar um pouco de trabalho a equipe da Indian, agora que temos a mesma moto”, conta o piloto.

O vice-presidente de Corrida, Serviços e Tecnologia da Indian Motorcycles se diz extremamente feliz em ver tantos pilotos talentosos optando pela FTR750 este ano: “Nós apoiamos não só o time oficial da Indian, mas também os que quiseram competir com nossa moto em suas equipes. Nós temos um programa de incentivo a performance que irá premiar esses pilotos”.

Indian Scout FTR 750

A Indian Scout FTR750 é uma máquina de corrida com design limpo, desenvolvida dentro dos departamentos de corrida e design da Indian Motorcycle.

A motocicleta é alimentada por um motor V-twin de 750cc de alta performance feito sob encomenda e apresenta um quadro sem igual, de alumínio ultra leve, grande caixa de ar localizada no centro e corpo liso e levíssimo em fibra de carbono.

Assim como toda a filosofia do design da família de motocicletas da linha Indian, as equipes de design e engenharia construíram a FTR750 para artisticamente combinar a melhor tecnologia existente aos elementos de design dos lendários modelos de corrida da Indian no passado.

Sobre a Indian Motorcycle

Os modelos da Indian Motorcycle chegam ao mercado já como objeto de desejo de diversos colecionadores e amantes das duas rodas. Isso se explica com a relevante história da marca, fundada em 1901, nos Estados Unidos. Em poucos anos, a companhia criou o primeiro motor americano V-Twin a 42 graus para motocicletas.

Com isso, as motos produzidas pela empresa foram responsáveis por diversos recordes de velocidade e distância dos Estados Unidos, tornando-se líder de mercado, com recorde de vendas com 32.000 produtos comercializados em 1913.

O sucesso nas competições engloba até mesmo uma vitória no Tourist Troophy da Ilha de Man em 1912, fazendo da Indian a única marca de motocicletas americana a vencer esta difícil e famosa prova.

Além disso, a Indian Motorcycle foi a responsável por desenvolver soluções inovadoras que vieram a se tornar bastante comuns para o mercado de duas rodas, como a suspensão dianteira ajustável, a partida elétrica, a iluminação elétrica, a suspensão traseira tipo “Swinging-arm”, o acelerador rotativo no punho e a transmissão com duas velocidades.

Em 2011 a Polaris Industries adquiriu todos os direitos sobre a Indian Motorcycle, preservando a herança e a importância histórica para o setor de duas rodas, mas focando no futuro, com produtos modernos e com tecnologia de ponta. Esse retorno torna possível que os amantes de motocicletas possam finalmente realizar o sonho de ter um modelo da marca.

Com faturamento de US$ 5.4 bilhões em 2017 a Polaris está presente, além do Brasil, em mais de 130 países.

 

 

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: