Uber lança serviço de moto elétrica em Paris; saiba como funciona

Serviço começa a funcionar em novembro; motos elétricas se destinam a percursos de até 9 km

A Uber passará a permitir que os usuários da cidade de Paris, na França, aluguem motos elétricas a partir de novembro. A iniciativa faz parte de uma parceria com o serviço Cityscoot, que conta com uma frota de 4 mil motocicletas elétricas, e será oferecida de forma complementar aos serviços que a plataforma já possui, custando cerca de R$ 1,35 por minuto.

O novo serviço do aplicativo disponível para Android e iPhone (iOS) complementa a oferta de aluguel de bicicletas comuns e patinetes elétricas, além da inclusão do mapeamento em tempo real do transporte público. O movimento busca tornar o app mais completo em termos de transporte.

O serviço de aluguel das motos elétricas será oferecido no app pelo mesmo valor praticado pela Cityscoot originalmente. Ao usuário, basta abrir o mapa e identificar pontos que oferecem acesso a uma das motos, solicitar acesso e realizar o passeio. É preciso devolver o veículo em um ponto autorizado e encerrar o aluguel no aplicativo. A cobrança será realizada diretamente na conta do usuário.

As motocicletas elétricas que serão utilizadas pelo Uber são fabricadas na Europa e oferecem velocidades de até 45 km/h. Segundo o app, a ideia é que este tipo de serviço seja ideal para usuários que precisam realizar percursos de até 9 km de distância, deixando os carros para trajetos mais longos. O usuário é informado a respeito da estimativa da autonomia da moto no processo de reserva via app.

Processo de reserva e cobrança é realizado pelo app da Uber — Foto: Divulgação/Uber

Processo de reserva e cobrança é realizado pelo app da Uber — Foto: Divulgação/Uber

A Uber esclarece que os usuários receberão as bikes elétricas com equipamentos de segurança instalados e capacetes, além de garantir que todas as viagens terão seguro contra acidentes.

%d blogueiros gostam disto: