UCI anuncia novas regras para motos no pelotão

Dois dias depois de vários ciclistas envolverem-se em um acidente com duas motos que culminou na séria lesão de Stig Broeckx, que está hospitalizado em coma não induzido, a UCI anunciou novas regras e medidas para tentar reduzir o número de acidentes com motocicletas.

6388001f

Em fevereiro, na Kuurne-Brussels-Kuurne, Broeckx já havia sido atingido por uma moto fazendo ultrapassagem. Em outro tombo em março, o atleta Belga Arnaud Demoitie faleceu depois de levar um tombo e ser atingido por uma moto da organização.

“As novas regras visam criar uma vigilância absoluta de todos os motoristas e motociclistas, que devem priorizar a segurança dos ciclistas, espectadores e outros veículos. As regras também dizer que todos os responsáveis por veículos devem concordar imediatamente com todas as instruções dos comissários de prova.”

“A necessidade de direção segura, principalmente nas ultrapassagens a ciclistas, foi mais enfatizada durante as reuniões pré-prova. As regras terão o suporte de sanções impostas pelo comitê disciplinar da UCI se algum dos motoristas for negligente”, disse a entidade em nota.

Além disso, a UCI também vai limitar o número de motos na prova e modificar o posicionamento delas. Outro detalhe que finalmente foi levando em conta é o tamanho e a potência das motos utilizadas atualmente.

“A UCI está estudando elementos como tamanho e potência das motociclistas utilziadas nas provas e como estes elementos se desenvolveram ao longo dos anos para descobrir que efeito isso teve na segurança e qual é a melhor forma de regularmente esta área da segurança”, disse a mesma nota da entidade.

Deixe já o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: