Valentino Rossi: “Não gosto de motos elétricas”

A chegada em 2019 da primeira temporada da Taça do Mundo de motos elétricas (MotoE), parece não agradar a pilotos consagrados no MotoGP.

É o caso de Valentino Rossi que sem rodeios deixou agora claro que o novo campeonato não é do seu agrado. “O som de um motor a dois tempos é algo especial para mim, talvez o melhor, eu também gosto das motos a quatro tempos. Agora não gosto de motos elétricas. O motociclismo não tem nada a ver com a electricidade”, revelou o italiano nove vezes campeão do mundo em entrevista ao «motorsport-total.com».

A Taça do Muno de motos elétricas arranca na próxima temporada e vai contar com cinco rondas a realizar, todas elas no continente europeu e em palcos que nesse mesmo fim de semana recebem um Grande Prémio do Mundial de MotoGP.

De recordar que  as corridas irão decorrer sempre entre os ‘warm-up’ e a primeira corrida do programa do Mundial de MotoGP. A Michelin é o fornecedor exclusivo de pneus, tal como acontece em MotoGP, e as corridas vão ter o máximo 10 voltas dependendo do tamanho do circuito.

%d blogueiros gostam disto: