Vendas de motos cresceram 17,9% em fevereiro

O mercado de veículos novos de duas rodas, triciclos e quadriciclos registou um crescimento de 17,9 por cento em fevereiro face ao mesmo período de 2018

No mês de fevereiro de 2019, os representantes oficiais de marca a operar em Portugal matricularam 1.928 veículos.

Em termos acumulados, nos primeiros dois meses de 2019, foram matriculados 3.983 veículos em Portugal, o que correspondeu a um crescimento homólogo do número de unidades matriculadas de 18,3 por cento.´

Segundo os dados revelados pela Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP), mercado de ciclomotores totalizou a venda de 129 unidades em Fevereiro de 2019, tendo apresentado uma variação de 5,7 por cento face ao mês homólogo de 2018.

Em termos acumulados, nos dois primeiros meses de 2019, foram matriculados 253 ciclomotores, o que se traduziu num decréscimo de 11,5 por cento relativamente a igual período do ano anterior.

No mercado dos motociclos foram matriculados em Portugal 1.718 veículos, o que representou um aumento de 19 por cento face a igual mês de 2018.

Em termos acumulados, de janeiro a fevereiro de 2019, o número de unidades matriculadas cresceu 19,4 por cento face ao período homólogo do ano anterior, tendo sido colocados em circulação 3.502 novos motociclos.

Os motociclos de cilindrada até 125 cm3 registaram, em fevereiro, um total de 754 unidades matriculadas, o que representou um acréscimo de 0,1 por cento face ao mês homólogo de 2018.

Quanto ao número acumulado de motociclos até 125 cm3 matriculados nos dois meses de 2019, este situou-se em 1.600 unidades, o que representou um aumento de 14,4 por cento face a igual período do ano anterior.

Já os motociclos de cilindrada superior a 125 cm3 colocados em circulação pela primeira vez registaram, no mês de fevereiro, um total de 964 unidades, o que representou um acréscimo de 39,5 por cento face ao mês homólogo de 2018.

Em termos acumulados, de janeiro a fevereiro de 2019, as matrículas deste tipo de veículos totalizaram 1.902 unidades, o que se traduziu num aumento de 24,0 por cento em relação ao período homólogo do ano anterior.

Por seu lado o mercado de quadriciclos situou-se nas 71 unidades matriculadas no segundo mês de 2019, o que representou um acréscimo de 10,9 por cento face a igual mês de 2018.

Desta forma nos primeiros dois meses de 2019 as matrículas de quadriciclos registaram um acréscimo de 45,8 por cento em relação ao período homólogo de 2018, tendo sido matriculados 207 quadriciclos.


%d blogueiros gostam disto: