Yamaha apresenta suas motos para o MotoGP 2018

A Yamaha apresentou a nova YZR-M1 que seus pilotos Valentino Rossi e Maverick Viñales usarão na disputa do MotoGP 2018.

Inicialmente, a grande mudança em relação a versão que correu em 2017 é somente estética, onde a logo do principal patrocinador, a Movistar, exibida nas laterais passou de verde para branca.

Já as mudanças que podem envolver ganho em desempenho e aerodinâmica devem ficar para serem apresentadas em um momento de estratégia entre equipes, quando a segunda carenagem, permitida pelo regulamento, for apresentada.

Yamaha M1 MotoGP 2018

Na verdade o que foi visto na apresentação foi a M1 versão 2017 com o novo grafismo que será usado nas motos da temporada 2018.

Já a versão final das YZR-M1 2018 de Rossi e Viñales estão sendo finalizadas pelos engenheiros da fabricante e ainda devem demorar para serem apresentadas, visto que elas estão nos testes de pré-temporada que vão até o final de março.

A pré-temporada teve início no final de semana de 28 a 30 de janeiro, em Sepang, e seguirá de 16 a 18 de fevereiro com testes em Buriram, na Tailandia, e o último final de semana de testes oficiais são de 1º a 3 de março no Circuito Internacional de Losail, Catar, onde cerca 15 dias depois será a abertura do mundial de 2018.

Com um ano nada bom para a Yamaha em 2017, sendo a pior temporada da maca nos últimos 10 anos em todos os sentidos (vitórias, classificação de pilotos e pontos), a fabricante prometeu desenvolver uma moto extremamente competitiva para 2018.

Na apresentação do novo modelo não foram mencionadas as modificações e atualizações técnicas que a YZR-M1 teve ou terá, mas ficou nítido o foco em melhorar o chassi em relação a versão anterior, onde a Yamaha enfrentou dificuldades.

Especificações da Yamaha YZR-M1 do MotoGP

A Yamaha M1 usada pelos pilotos do MotoGP equipam um motor de 1000cc com refrigeração líquida, comando duplo no cabeçote e 16 válvulas que é capaz de gerar a potência máxima declarada de “+240cv”.

Com seus 157 kg de peso total, regulamentados pela FIM, a motocicleta pode passar dos 300km/h como velocidade máxima.

Na parte estrutural, o chassi é do tipo Delta Box, os aros são forjados em magnesio de 17 polegadas nas duas rodas, as suspensões são da Öhlins e os freios da Brembo, com disco duplo de carbono de 340mm na dianteira e disco simples de aço na traseira.

O novo presidente promovido para a Yamaha Motor Racing, Kouichi Tsuji, foi simples e enfático quando comentou as pretensões da equipe de competições para 2018: “O objetivo da Yamaha nesta temporada é conquistar o título de campeões do mundo”.

 

%d blogueiros gostam disto: