20 mil visitaram o Brusque Motorcycle no final de semana

O tempo colaborou e cerca de 20 mil pessoas passaram pelo Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, no interior e na parte externa, neste final de semana durante o Brusque Motorcycle –  Encontro Sulamericano de Motociclistas. O evento aconteceu de quinta-feira, 4, até este domingo, 7, em Brusque.

Além do público da cidade e da região, grupos de motociclistas de várias partes do país se encontraram no evento. Como Os Capivaras, que saíram de Curitiba, no Paraná, e passaram o dia de sábado acompanhando de perto toda a movimentação do Brusque Motorcycle. Os 16 membros pegaram as motos e a estrada para conferir de perto um dos maiores eventos do segmento na América Latina. Além dos paranaenses, também estiveram no Brusque Motorcycle caravanas de estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Brasilia e de várias cidades de Santa Catarina.

Ao longo dos quatro dias, o público pode conferir de perto manobras radicais, com os shows de Wheeling, o Desafio Freestyle, com motos saltando a vários metros do chão e sobre ônibus, exposição de artigos e itens do mundo motociclistico, além do melhor do rock roll com bandas covers nacionais e da região. O destaque ficou por conta do 1º Motorcycle Rock Festival, realizado na noite de sexta-feira, 5 e que teve apresentações das bandas Alta Voltagem (ACDC), Guns de Jungle (Guns N’ Roses) e Children as The Best (Iron Maiden).

“Fizemos esse festival porque sexta-feira sempre e um dia mais calmo. Ele fomentou muito o evento na sexta-feira: a turma ficou até de madrugada”, destaca Rafael Walendovsky, da comissão organizadora do evento, confirmando a edição 2018 e a realização do segundo Blumenau Motorcycle, em Blumenau no final do ano.

Salão registra em torno de R$ 2 milhões em negócios

Se na parte externa do pavilhão o som das bandas de rock e as manobras radicais chamam e prendem atenção do público, na parte interna, no piso inferior, os olhos do visitante se encheram com a variedade de itens do mundo motociclístico a disposição.

E tinha produto para todo gosto: roupas, calçados, acessórios personalizados, motos dos mais variados tamanhos e marcas, livros, pulseiras, capacetes e tudo o que envolve o mundo das motos. Exposição que movimenta milhões em negócios todos os anos no evento.

“Ainda não contabilizamos tudo, mas acredito que, pelas informações preliminares, devemos ter feito em torno de R$ 2 milhões em vendas. Talvez um pouco mais que isso”, complementa Walendovsky.

O Brusque Mortorcycle – Encontro Sulamericano de Motociclistas acontece há onze anos. Começou de maneira tímida, através do Possuídos Moto Grupo, de Brusque, apenas com encontro para bate papo entre amantes das motos. Há cinco anos, o evento mudou de cara e ganhou grande proporção com a implementação de atrativos como manobras e saltos radicais, shows musicais e o salão de negócios.

%d blogueiros gostam disto: