Moto Sunset cumpre o prometido e leva mais de 10 mil pessoas para a Praça de Eventos

A Praça de Eventos foi palco no último fim de semana da 6º edição do Moto Sunset. Quem esteve no local pôde curtir boa música, comida e se divertir de graça com o evento promovido pelo Motoclube Rodas de Prata em parceria com a Prefeitura de Lagoa da Prata. Com dois dias inteiros dedicados aos amantes do motociclismo e bom rock, o público estimado de 10 mil pessoas, segundo os organizadores, teve a oportunidade de apreciar uma grade de shows extensa, sempre valorizando a cultura regional. O palco principal recebeu as bandas Stallions, Seu Madruga – AC/DC Cover, Tupibikini’s, Cabal Tribal e Banda VHS. Houve também atrações no palco alternativo, com Carol Shineider e Bell, Hangover, Seek Whiskey e Green Grass.

CLÁSSICOS DO ROCK

Produtora cultural, Carol Shineider, que já foi atração do Moto Sunset em outras edições, este ano veio com um projeto diferente. Quem conhece o som da banda “Bicho Mecânico de Asas” se surpreendeu com o projeto “Carol Shineider e Bell”, que trouxe ao público releituras de músicas nacionais e internacionais. “Foi bem interessante, devido ao formato do show que se baseia em violão, guitarra e bateria. Fizemos metade da apresentação acústica e a outra metade elétrica, o que casou bem com o horário da nossa apresentação, que foi durante o almoço”, revelou a cantora. Para Carol, a festa é, sem dúvida, um dos maiores eventos da cidade por possuir dois palcos e trazer um repertório com espaço para as vertentes do rock. “Possuímos muitas bandas, e desde o primeiro Moto Sunset, ao menos uma ou duas bandas locais estavam no line, seja no palco principal ou alternativo. Só acredito que há muito espaço para nas bandas covers e pouco para bandas autorais”, finalizou.

Carol Shineider, produtora musical (Foto: Arquivo Pessoal)

NOVAS AMIZADES

A motociclista Renata Menezes não perde uma edição da festa. Hoje vice- presidente do Motoclube Rota da Fênix, em Belo Horizonte, ela não esconde o carinho que tem pelo evento. “Gostei muito do evento deste ano. Tirando o frio (risos), como sempre, estava muito bem organizado. Todas as bandas foram ótimas. Acompanho desde o primeiro Moto Sunset, e está sendo um dos melhores eventos abertos de Minas Gerais”, revela, e diz que é através de eventos como este que ela conhece histórias e amigos que leva para a vida toda. “Conheci pessoas que hoje fazem parte da minha vida. Mais que amigos, irmãos mesmo! E sempre é uma troca de experiências, sempre aprendo nos eventos. Ouvimos muitas histórias de motociclistas mais antigos, até os mais novos, que estão entrando para o meio agora”, festeja.

Clube de antigomobilismo mostrou as raridades na praia municipal (Foto: Alisson Gontijo)

GANHOS PARA A ECONOMIA

Quem caminhou pela Praia Municipal encontrou uma bela exposição de carros antigos, feita pelo Clube do Antigomobilismo de Lagoa da Prata. Na Praça de Eventos, expositores com vendas de peças, vestuário e acessórios, e a praça de alimentação movimentaram a economia da cidade. Além disso, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) informou que houve um aumento considerável no turismo da cidade durante os dias do evento.

Empresários do ramo de hotelaria confirmaram que as reservas foram quase 100% esgotadas pelos motociclistas. Os restaurantes também se surpreenderam com as vendas, notando um aumento de 200 a 300%, se comparado com finais de semana normais. Com o grande fluxo de motocicletas e carros de visitantes, os postos de combustíveis também sentiram a alteração nas vendas.

Drieylhe Tanara, empresária (Foto: Arquivo Pessoal)

A comerciante Drieylhe Tanara também comemorou os resultados. Ela e o marido que são donos de um bar conseguiram um bom lucro com a tenda que montaram em frente ao terminal turístico: “Tivemos bons resultados. O Moto Sunset é um atrativo muito importante para Lagoa da Prata. Sempre gerando renda. Tem uma excelente organização e segurança. No ano que vem, com certeza estaremos aqui novamente”, pontuou.

%d blogueiros gostam disto: