Motociclistas lançam desafio e percorrem as 102 cidades de Alagoas

Acervo Pessoal

Um grupo de três alagoanos conseguiu um feito, até então inédito, no estado: conhecer de moto as 102 cidades alagoanas, com direito a registros fotográficos de todas as etapas. O desafio foi certificado e homologado por um site que atesta a aventura dos motociclistas, cuja façanha rendeu o curioso título de “Valentes Fazedores de Chuva”.

TNH1 conversou com Joel Domingos, idealizador da despretensiosa brincadeira, que começou em outubro do ano passado e foi concluída no último dia 20 de abril. Segundo ele, o desafio foi cumprido durante os finais de semana, mas se fosse feitos em sequencia seria completado em aproximadamente 15 dias.

“No fim do ano passado surgiu a ideia, assim meio doida. No momento em que compartilhei essa vontade com alguns amigos, eles acharam uma ótima a ideia, afinal não é difícil ver pessoas almejando viagens para lugares distantes, mesmo que ainda não conheçam o quintal de casa. Se fizéssemos tudo direto, a viagem seria completada em 15 dias, mas só temos os finais de semana para isso. Em alguns trechos chegamos a visitar 29 cidades em um único dia”, destacou Joel.

Ele explicou que no começo do desafio, conheceu um fórum internacional, o Fazedores de Chuva, que concede homologação a alguns desafios propostos.

“Para nossa surpresa, entre os desafios propostos por eles estava o de conhecer todas as cidades de um estado. Em contato com o pessoal do fórum, descobrimos que outras duas pessoas cumpriram o desafio em Alagoas, mas são da Região Sudeste do Brasil e estão envolvidos num desafio bem maior, o de visitar os mais de 5 mil município do país”, surpreendeu-se.

Joel disse também que o pessoal do fórum destacou a animação do nosso grupo, composto por outros dois alagoanos, Júnior Pinto e Pedro Silva, e atestam que somos os primeiros alagoanos homologados a cumprir o desafio.

“Fomos reconhecidos como fazedores de chuva valente, titulo dado ao participante que conclui. A experiência em pilotar esses quase 4.000 km dentro de nosso estado, enfrentando as mais diversas situações, rendeu histórias divertidas e encorajadoras”, afirmou.

O motociclista destacou outro ponto que chama atenção das pessoas que não imaginam o que é viajar de moto. É que o Pedro Silva, que é natural de Arapiraca, completou todo o desafio numa motocicleta de 100 centímetros cúbicos, como é tecnicamente chamada a Pop 100, que ainda aguarda a homologação do desafio.

“Geralmente as pessoas pensam em destinos longe de casa, e sempre acompanhado de uma moto grande, mas o Pedro, que a gente conheceu já no fórum Fazedores de Chuva, é de Arapiraca e topou o desafio mesmo a moto dele sendo uma Pop-100, olhando para trás a gente rí muito quando imagina os locais que chegamos e ele sempre na sua companheira”, descontraiu.

Após começar o desafio o grupo ganhou outros participantes, e alguns deles já buscam a certificação. “Outras três pessoas começaram a andar conosco, e um deles já tem mais de 75% dos municípios registrados. em breve deve concluir o desafio”, concluiu.

Veja o vídeo com uma coletânia de trechos e pontos da viagem visitados pelo grupo.


%d blogueiros gostam disto: