XI Rally Rota Sudeste

XI Rally Rota Sudeste

Faltam poucos dias para que a emoção e a adrenalina venham à tona para os competidores que desbravarão aproximadamente 430 quilômetros da 11ª Edição do Rally Rota Sudeste, prova de velocidade na modalidade Baja e Cross Country para carros, motos, quadriciclos e UTVs, em dois dias de disputas na região da cidade de Lençóis Paulista (SP). O Rally Rota Sudeste começa oficialmente nesta sexta-feira, dia 10 de novembro, e têm briefing a partir das 19h30.

Porém, antes, os inscritos participarão da parte burocrática da competição, toda programada para o Parque de Apoio do evento, localizado na Facilpa – Feira Agropecuária Comercial e Industrial de Lençóis Paulista, em Lençóis Paulista (SP). As vistorias técnicas e administrativas terão início às 13h30. A primeira largada será no sábado, a partir das 11h.

A piloto Moara Sacilotti, inscrita entre as motocicletas, garante que dará o seu melhor. “Essa é uma etapa que gosto muito, a especial é longa e desafiadora. Embora esteja com uma lesão séria no punho, estou bem treinada e espero fazer uma boa prova!”, comenta a atleta da Kawasaki.

Rally desafiador

Rodrigo Betti Marques é um dos pilotos que acompanha a prova desde 2006, ou seja, desde o início. “Participei antes de moto e, agora, de UTV. Acredito que, mais uma vez, o Arena fará uma prova incrível, muito técnica e bem desafiante”, disse o piloto paulista da equipe Race Rally.

A primeira etapa da prova será no sábado (11) com 216 quilômetros, sendo 165 de trechos cronometrados de muita adrenalina. “Espero vencer esta etapa que é a semifinal do Brasileiro de Rally Baja. Com a vitória, irei para final já campeão de 2017, objetivo que busco desde que iniciei no Baja há três anos. Gosto muito de competir em Lençóis Paulista, o público participa e fica tudo muito animado”, disse Reinaldo Cangueiro de Fernandópolis (SP), destacando a confiança e competitividade do UTV Can-Am Maverick.

Para o estreante no Rally Rota Sudeste, Francesco Carbone, a expectativa é de muita disputa. “Visto que estamos chegando ao final do campeonato brasileiro e tem muita gente com chances reais de brigar pelo título, temos que ser rápidos e sem nenhum erro, pois a briga entre os competidores será acirrada. Uma prova de certa forma longa, com apenas uma volta por dia, onde a concentração tem que estar acima da média”, explica o paulista do Can-Am preparado pela equipe Expert 4×4.

A final da prova, com cerimônia de premiação, será no domingo (12), também no Facilpa, um dos parceiros do Rally Rota Sudeste. Neste dia, a largada será às 8h para as motos, UTVs, quadris (Baja) e, às 10h30 partirão os carros (Cross Country) para 216 quilômetros de roteiro em especial cronometrada e deslocamentos.

As inscrições continuam abertas e podem ser realizadas site oficial:

www.rallyrotasudeste.com.br

%d blogueiros gostam disto: